Cuidar Melhor: 100% dos municípios cearenses fizeram adesão ao programa

Iniciativa da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), o Programa Cuidar Melhor, um pacto de cooperação entre Estado, municípios e sociedade para implementação de políticas destinadas à superação de problemas que mais causam adoecimento e óbito da população cearense, avança com sucesso, diálogo e colaboração. Todos os 184 municípios do Estado realizaram a adesão à iniciativa e ao 1º Concurso Município Inovador no Sistema Único de Saúde (SUS).

“100% de adesão representa o fortalecimento da cooperação entre Estado e municípios em prol do aperfeiçoamento da saúde pública no Ceará, reafirma o compromisso com pacto por mais e melhor saúde para a população cearense”, afirma Caio Cavalcanti, coordenador do programa.

O momento de adesão é a conjugação de esforços para a implementação do Cuidar Melhor na Saúde do Estado, visando à melhoria dos resultados de indicadores de qualidade em saúde, prioritários nesta cooperação, além de afirmar a intenção de participação no 1º Concurso Município Inovador no SUS cearense.

“Quero parabenizar os gestores municipais de saúde e suas equipes técnicas, que se engajaram nesse processo de adesão, bem como agradecer ao Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE), por meio de sua diretoria, assessores e apoiadores, pela intensa parceria na mobilização e articulação dos municípios, juntamente com as Superintendências Regionais da Sesa e suas Áreas Descentralizadas de Saúde (ADSs)”, continua Cavalcanti.

1º Concurso Município Inovador

Agentes públicos das secretarias municipais de Saúde do Ceará que atuam em ações e serviços de promoção da saúde, prevenção de agravos, assistência, recuperação e gestão do SUS podem inscrever suas práticas até 22 de dezembro em formulário eletrônico na página do programa.

A iniciativa busca incentivar, reconhecer e premiar boas práticas e experiências inovadoras de cuidado e promoção da saúde nos municípios cearenses, com destaque para ações, projetos, produtos, serviços, programas ou políticas públicas que possam gerar resultados positivos para a saúde pública no Estado.

Serão avaliadas as práticas mais inovadoras voltadas à integralidade do cuidado materno-infantil, à prevenção da gravidez na adolescência, aos cuidados relacionados à diabetes e hipertensão, à prevenção ao acidente vascular cerebral (AVC) e ao infarto agudo do miocárdio (IAM), além da prevenção de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas.

Foto: Tiago Stille/Gov. do Ceará
Artes gráficas: Ascom/Casa Civil
Habilidades

Postado em

14 de dezembro de 2021

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.